Músicas

01 - Abre a Pestana
02 - Tu e Eu no Funaná
03 - Homem Sem Pêlos
04 - Os Pontos nos Is
05 - Ginga Comigo
06 - Com a Pulga Atrás da Orelha
07 - Só Eu Tenho a Chave
08 - Se Achas Que Eu Sou Linda
09 - Um Momento, Uma Kizomba
10 - Só Me Chamas Pra Fazer Amor
11 - A Festa Vai Começar
12 - As Minhas Manas
13 - PAI (Eu Te Agradeço)
14 - O Homem Português

ABRE A PESTANA

(Jorge do Carmo / Nikita)


Eu já chorei por ti
Pelo teu amor sofri
Já não sorria mais
Só queria te amar
Agora eu já mudei
Vou dizer de uma vez
Não dá mais

Talvez quando eu me for
Tu vais me dar valor
Aí tu vais pensar em mim
Mas se quiseres voltar
Ai eu vou-te falar logo assim

Abre a pestana meu amor
Abre a pestana
Não vou andar a minha vida atrás de ti
Abre a pestana meu amor
Abre a pestana
Tu sabes bem que tenho quem gosta de mim

Abre a pestana meu amor
Abre a pestana
Não vou andar a mendigar o teu amor
Abre a pestana meu amor
Abre a pestana
Se eu for embora, ai tu ficas na pior

Eu já chorei por ti
Queria-te só para mim
Tu nem querias saber
Se eu estava a sofrer
Mas agora acabou
Não sofro mais de amor vou sonhar

TU E EU NO FUNANÁ

(Jorge do Carmo / Nikita)


Vamos à festa que eu quero bailar
Ficar contigo até amanhecer
Não tenhas medo e vem me beijar
Pois em teus braços quero me perder

Uohoh
Uohoh
Vem que eu de ti quero mais
Uohoh
Uohoh
Juntinhos no funaná

É tão bom só tu e eu
No funaná
Encostar teu corpo ao meu
No funaná
É tão bom só tu e eu
No funaná
Vem amor leva-me ao céu
No funaná

Vamos à festa que eu quero bailar
Ficar contigo até o sol nascer
Não tenhas medo e vem me abraçar
Que em teu corpo quero me envolver

HOMEM SEM PÊLOS

(Jorge do Carmo / Nikita)


Sejam solteiros
Sejam casados
Depilo tudo comigo é sempre a bombar

Sejam viúvos
Divorciados
Eles só me querem para os pêlos lhe tirar

Quase nem como
Quase nem durmo
Já fazem fila para ir ao meu salão

Com tanto homem
Eu fico louca
A nenhum deles eu quero dizer não

Homem sem pêlos é que é a moda
E eu já não tenho mais mãos a medir
Homem sem pêlos é a nova onda
E ao meu salão ai todos querem vir

Sejam solteiros
Sejam casados
Depilo tudo da cabeça até aos pés

Mesmo magrinhos
E musculados
Aceito tudo depilar é meu prazer

OS PONTOS NOS “Is”

(Jorge do Carmo / Nikita)


Sempre andei
Atrás de ti
A mendigar o teu amor, tua paixão
Quando tu queres
Algo de mim
Eu deixo tudo e logo entrego o coração

Já decidi
Chegou ao fim
Esta loucura de te querer cada vez mais
Ou tu assumes que sou a tua mulher
Ou digo adeus, ai tu vais chorar

Ai ai amor
Vamos pôr os pontos nos Is
Ai ai amor
Não estou aqui para brincar
Ai ai amor
Vamos pôr os pontos nos Is
Ou ficas comigo
Ou então não dá mais

Ai ai amor
Vamos pôr os pontos nos Is
Ai ai amor
Não estou aqui pra brincar
Ai ai amor
Vamos pôr os pontos nos Is
Ou casas comigo
Ou então não dá mais

Eu ando aqui
Pensando em ti
Tu só me ligas quando queres teu prazer
Mas quando vens
Fico feliz
Sou uma tonta que me deixo convencer

GINGA COMIGO

(Jorge do Carmo / Nikita)


Vai haver festa lá no arraial
E eu só penso em dançar contigo
Eu estou sozinha e não tenho par
Por isso vem que eu estou te pedindo

Ohoooo, ohoooo
Vou te ensinar esta dança do amor
Ohoooo, ohoooo
Baila comigo e vais fazer furor

Ginga comigo
Vem prós meus braços
E baila até a noite acabar

Ginga comigo
Vem pro meu lado
Pois nesta dança eu vou me entregar

Vai haver festa lá no arraial
Eu adorava dançar a teu lado
Eu estou sozinha e não tenho par
Por isso vem serás meu namorado

COM A PULGA ATRÁS DA ORELHA

(Jorge do Carmo / Nikita)


Tu bem sabes que eu te amo
Mas não gosto de mentiras
Toda a gente já me fala
Que tens outra rapariga

Mas chegou a tua hora
Eu vou saber a verdade
Se estiveres com ela agora
Cai o carmo e a trindade

Estou com a pulga atrás da orelha
Eu ando desconfiada
Ai amor se tu tens outra
Vou tirar a tua roupa
Pra fora da nossa casa

Estou com a pulga atrás da orelha
Mas vai chegar o momento
Se tens outra em tua vida
Vais deixar de ter guarida
E vais ficar ao relento

Tu bem sabes que te adoro
Mas já não confio em ti
Vou ficar de olho aberto
Pra ver se estás a mentir

SÓ EU TENHO A CHAVE

(Jorge do Carmo / Nikita)


Já sofri muito na vida
Andei tão perdida
A chorar por amor

Mas tudo isto é passado
E hoje não quero
Ter mais dissabores

Vou resistir
Ao teu olhar
Meu coração se fechou

Vou conseguir
Te enfrentar
E te dizer que acabou

Ai ai ai ai ai
Só eu tenho a chave
Do teu coração

Ai ai ai ai ai
Só eu posso dar-te
A minha paixão

Já sofri muito na vida
Andava sozinha
Com falta de ti

Mas já passou o sofrimento
Meu maior desejo
É ser mais feliz

SE ACHAS QUE SOU LINDA

(Jorge do Carmo / Carlos Soares)


Eu sei que tu andas
Louquinho por mim
Eu sei que tu levas
A vida a sonhar

Tu não me dás tréguas
Mas a timidez
Não te leva a nada
Perdes-te a pensar

Eu sei que tu gostas
De mim como sou
Segues os meus passos
Sabes onde vou

Tu não me dás tréguas
Mas a timidez
Não deixa sentires
O amor que te dou

Se achas que sou linda
Dá-me um beijo
Eu quero mais de ti
Dá-me um abraço

Se achas que sou linda
E o teu desejo
Vou-te mostrar quem sou
E o que é que eu faço

Eu sei que me adoras
Só quem não quer ver
Um jantar com velas
Coração a arder

Tu não me dás tréguas
Mas a timidez
Em nada te ajuda
Ficas a perder

UM MOMENTO, UMA KIZOMBA

(Jorge do Carmo / Carlos Soares)


Quero viver o sonho
Só tu me podes dar
Quero o teu abraço
O brilho em teu olhar
Quero sentir o beijo
E a loucura desta nossa paixão
Quero o teu calor no meu coração

Quero viver teu mundo
Eu sei que sou capaz
Quero embalar meu corpo
No amor que tu me dás
Quero sentir o beijo
E a loucura desta nossa paixão
Quero o teu calor no meu coração

Um momento, uma kizomba
Uma noite de luar
O dançar agarradinha
Sempre tu como meu par

Um momento, uma kizomba
O teu beijo só pra mim
Balançando no teu corpo
Numa noite sem ter fim

SÓ ME CHAMAS PRA FAZER AMOR

(Jorge do Carmo / Nikita)


Sempre te amei e te queria pra mim
Jamais pensava que te ia perder
Mas no fundo eu já sabia
Que tu só me querias
Para o teu prazer

Como eu queria ter forças meu Deus
Ganhar coragem pra tudo acabar
Mas sei bem que não consigo
Esquecer teu sorriso
E o teu olhar

Ai meu amor
Sei que não me adoras
Nem sequer me olhas
Eu vivo na dor

Ai meu amor
Sei que não me amas
Porque só me chamas
Pra fazer amor

Sempre te amei e te queria pra mim
Jamais na vida pensei te perder
No fundo eu desconfiava
Tu não me amavas
Mas queria esquecer

A FESTA VAI COMEÇAR

(Jorge do Carmo / Nikita)


Hoje é dia de dançar
Os sinos estão a tocar
A festa já começou

Na aldeia a multidão
Vai junto da procissão
Cantando canções de amor

Eu também já me arranjei
Para bailar com vocês
Cantando lindas canções

Vocês são a minha vida
E eu quero muita alegria
Em todos os corações

A festa vai começar
Amigos venham dançar
Porque a Mokika chegou

Eu quero tudo a sorrir
Por isso venham curtir
Que a vida é feita de amor

A festa vai começar
Estão os foguetes no ar
Venham que eu já estou aqui

Vamos esquecer a tristeza
E dançar a noite inteira
Toda a malta feliz

Hoje é dia de dançar
A banda está a tocar
E aldeia está a curtir

Eu gosto tanto de ver
Toda a gente a conviver
Dançando sempre a sorrir

AS MINHAS MANAS

(MOKIKA)


Eu tenho duas manas, elas são iguaizinhas
Bem sei que elas são, bonitas e fofinhas
Eu tenho duas manas, que são lindas podem crer
Tu gostas tanto delas, só me pedes para as ver

Toda a gente me diz que são lindas, sim senhor
Querem lhes dar beijinhos e também muito amor
Elas querem carinho e eu não digo que não
Se for com respeitinho dou-te o meu coração

As minhas manas, as minhas manas, ai ai
Toda a gente as quer vir conhecer
As minhas manas, as minhas manas, ai ai
Quem as vê jamais irá esquecer

Eu tenho duas manas, elas são bem jeitosas
E gostam de beijinhos, queridas amorosas
Eu tenho duas manas, são a minha paixão
E estão sempre comigo nas festas de verão

Toda a gente me diz que são lindas, sim senhor
Querem lhes dar beijinhos e também muito amor
Elas querem carinho e eu não digo que não
Se for com respeitinho dou-te o meu coração

PAI (Eu Te Agradeço)

(MOKIKA)


Recebi de ti um par de asas pra voar
Demorei o meu tempo
Tive que treinar

Recebi de ti um sopro de ternura
Que me leva vida fora
Com doçura

Deste-me a coragem para ser feliz
A cada canção… que canto
Tu sorris

Tu me deste a vida para libertar
As palavras que te digo
A cantar

Eu te agradeço, Pai, querido Pai,
És meu amigo, estás no meu coração
Eu te agradeço, Pai, querido Pai,
Pelo que me deste, tudo e muito mais

Eu te agradeço, Pai, querido Pai
Deus te proteja e sejas bem feliz
Eu te agradeço, Pai, querido Pai
Na minha vida foste o Pai que eu sempre quis

Agora canto pela estrada fora
Levando sonhos
Lindos a quem chora

Agora vivo sempre a sorrir
Quando não estás
Eu penso-te ouvir

Sei que estarás sempre pronto a dar-me a mão
O teu calor me traz a paz
És o meu chão

Querido pai, por ti tudo farei
Sou tua filha, e tu és
O meu Rei

O HOMEM PORTUGUÊS

(Jorge do Carmo / Nikita)


Eu sempre sonhei
Com um homem português
Pra me dar carinho

Venha quem vier
Não quero ninguém
Pra ficar comigo

Eu já decidi
Só vou ser feliz
No meu Portugal

Quero um homem lindo
Que me dê beijinhos
E bem sensual

O homem português
É lindo de morrer
Como ele não há igual

Vá para onde for
Não encontro um amor
Como o de Portugal

O homem Português
Faz tudo com prazer
É muito mais que paixão

Eu ainda estou à espera
De um homem sincero
Para o meu coração

Eu sempre sonhei
Com um homem de bem
A minha metade

Venha quem vier
O homem português
Tem mais lealdade